Páginas

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

O FIM DO MUNDO

A Abertura do sexto selo - Grandes sinais nos céus [The Opening of sixth Selo - Greats signals in skies ] 
And look when it opened the sixth stamp, and had a great earthquake; e the sun became black as silicon bag, and the moon all became as blood; e the stars of the sky had fallen on the land, and the sky was collected as a book that if rolls; e all the mounts and islands had been removed of its lugares.E the kings of the land, and the great ones, and the military heads, and the rich ones, and powerful, and the all enslaved one, and all it exempts, if they had hidden in the caves and the rocks of mountains;and said to mounts and the rochedos: I fell on us, and escondeiz us of the face of that it is seated on the throne, and of the anger of the Lamb; because is come the great day of the anger of them(APOCALYPSE 6:12-17 ) ...

                              
 As palavras agradáveis
são como um favo de mel,
são doces para a alma,
e trazem cura para o corpo.

Amigos o objetivo deste Blog, é apresentar a todos uma leitura saudável, analisar as questões do mundo atual, segundo a Bíblia. Cremos totalmente na Sabedoria de Deus, na mente de Jesus Cristo e no Seu infinito Amor por todos nós.
Neste texto, vamos considerar a atitude e posição que devemos tomar, para contribuir de forma efetiva na solução dos problemas do nosso planeta.
Moro na cidade de São Lourenço, e como as demais cidades do mundo, enfrenta problemas de forma geral.
Apresento a vocês este texto explicativo de muito valor, do pregador cristão Watchman Nee, que nos deixou mensagens, que nos ajudam a conhecer Jesus Cristo, e tudo que Ele fez, faz e fará por nós.
Que o Senhor alcance o Seu propósito nos Teus Filhos em toda a terra, e nós desejamos amá-Lo de todo coração, mente, vontade, emoção, com toda força, esperando o Dia da Sua volta.
Pelos interesses do Rei dos reis e Senhor dos Senhores. A Ele toda honra, glória e poder, ao que está assentado no Trono, A quem todo joelho se dobrará e toda língua confessará que o Jesus é o Senhor.
Amigo, acredite Jesus é Senhor, e Ele vem.

A NOSSA ATITUDE EM RELAÇÃO AO MUNDO
Alguns amigos uma vez me perguntaram: "Eu cri em Jesus Cristo e recebi o perdão de pecados mediante Sua redenção.
1º) Agora que sou salvo, qual deve ser minha atitude para com meu país, para com a sociedade e com relação aos problemas internacionais?
2º) Eu deveria ter uma atitude passiva e fechar os ouvidos para tudo ou deveria participar ativamente na solução de todos os problemas?”“.
Tenho de admitir que essa não é uma questão fácil de responder. Isso é algo muito complexo. Não podemos respon­der a essa pergunta com duas ou três frases.
Entretanto, essa questão tem um relacionamento íntimo com nossa fé. Para esclarecer esse assunto, quero usar este texto para menci­onar resumidamente a atitude adequada que o cristão deve ter em relação aos problemas sociais e políticos.
As Duas Vindas de Cristo
Primeiramente, a Bíblia nos mostra de maneira bem clara que Cristo tem de vir duas vezes. A primeira vez já ocorreu no passado. A segunda ainda não ocorreu. Em Sua primeira vinda, Ele realizou determinadas coisas. Na segunda vinda, Ele realizará mais algumas. Esperamos que Ele venha em breve e que não tenhamos de esperar muito. Mas Ele tem Seu tempo. Cristo não é insensível para com os problemas sociais e políticos. Mas Ele tem Seu tempo.
Podemos ver, a partir da Bíblia, que em Sua primeira vinda:
1)      Ele tratou principalmente com o pecado
2)      Libertou os pecadores
3)      Dispensou a eles uma nova vida.
Em Sua segunda vinda, Ele cuidará dos problemas sociais e renovará o sistema político. Nossa salvação pessoal é claramente definida em Sua primeira vinda. Nosso país, sociedade e os sistemas existentes serão eficazmente cuidados em Sua segunda vinda.

Muitos Problemas neste Mundo
Queremos olhar para os problemas de nossa situação atual, nosso país e nossos sistemas políticos.
Como cristãos, temos determinadas posições e atitudes referentes a essas questões. Entretanto, não estamos tentando resolver todos os problemas. Somente quando Cristo vier pela segunda vez é que essas questões serão totalmente resolvidas.
Admitimos que há muitos vícios em nossa sociedade. Não podemos negar que nosso país tenha muitas necessidades. O sistema é basicamente doentio; há tantas contradições em nossa estrutura política. As tensões crescem constantemente na esfera internacional, e o futuro é sombrio. Os jovens de hoje têm uma preocupação especial com esses assuntos. Quanto mais eles ponderam nessas questões, mais ficam confusos. Por toda parte há homens inteligentes tentando resolver esses problemas. E por toda parte, podem-se encontrar ainda mais problemas.
Alguns imaginam como poderá o homem sobreviver neste planeta na próxima geração. Outros estudam o impacto global da falta de alimentos. Há também a questão ambiental e de transportes. As pessoas se perguntam por que tem de haver crimes e injustiça, e por que as prisões estão sempre cheias de criminosos. Outros questionam a validade da existência de classes, de que alguns membros da sociedade sejam bem alimentados nada fazendo, enquanto outros tenham de suar o dia todo e ainda assim permanecer em profunda pobreza. Há crises por toda parte; crises entre países, crises entre raças e crises entre cores.
Admito que há problemas por toda parte. Por um lado, o homem está ocupado promulgando leis para prevenir catástrofes. Por outro lado, quanto mais leis o homem Institui, mais se alastra a ilegalidade. Tentamos resolver os problemas com toda a energia. Alguns matam diariamente milhares de animais para satisfazer o estomago. Outros acham que é abominável maltratar até mesmo a menor criatura. Por causa de todas essas questões que se levantam em nosso mundo, há uma cadeia interminável de perguntas passando diariamente pela nossa mente.
A Atitude do Cristão
1)    Qual deve ser nossa atitude, como cristãos, diante de todos esses problemas?
2)    Em meio a todos esses debates e argumentos, onde nós, cristãos, devemos posicionar-nos?
Primeiramente, devemos ver que Deus já preparou a solução para todos esses problemas. Ele também já estabele­ceu o momento para a sua realização; Deus está mais que claro a respeito deles, do que nós. Pela Bíblia pode-se ver que ninguém está mais claro que Deus a respeito deles. Por essa razão você não precisa temer ou atormentar-se nem fazer suas propostas precipitadamente.
Quando Cristo veio pela primeira vez, Ele nos salvou individualmente. Ele não tratou com o mundo ou com seus sistemas. Ele não tocou em nenhum problema social. Sua primeira vinda foi para resolver as questões espirituais, não as materiais. Mas isso não significa que Ele as ignora. Cristo cuidará de todos esses problemas; Ele tratará de cada um de maneira global.
Mas nossa obra e responsabilidade como cristãos é somente concentrar-nos naquilo em que Deus se concentra. Somente fazemos o que Cristo está fazendo. Esse é o nosso princípio básico.
Todos os Problemas Originam-se no Pecado
Sem dúvida, vemos muitos problemas existindo em nossa sociedade e em nosso país. Cada um deles é um grande problema. Todos exigem solução imediata. Mas temos de ver que o fator originador de todos eles é o pecado. Porque o homem caiu e ficou alienado de Deus surgiram todos esses problemas.
A ordem na qual Deus opera Sua salvação é:
1)                 Primeiramente nos salvar e resolver nosso problema do peca­do. Isso é a nossa regeneração.
2)                 Depois que o homem é salvo, todos os problemas relacionados a ele, conseqüentemente, são resolvidos.

Cuidar do Interesse de Deus
Portanto, nós, os redimidos, devemos primeiramente conhecer a obra de Deus e concentrar-nos em Seus interesses. O que mais inquieta a Deus é o problema do pecado. Devemos inquietar-nos também com isso.
Desde que Deus se preocupa com salvação e santificação pessoal, não temos escolha a não ser dar atenção para as mesmas coisas. A solução para esses problemas é a obra de Deus hoje e deve ser a obra de todos os que pertencem a Ele.
Hoje, Cristo está dispensando a vida de Deus para o homem.
HojeNós também temos de fazer o mesmo.
Hoje, Essa é Sua obra e também a nossa obra.
Pelo fato da obra ordenada por Deus para o cristão hoje ser salvar os pecadores dos pecados e dispensar a vida de Deus, não importando nossa posição, temos de fazer a obra de salvar os homens dos pecados. Quer sejamos rei ou escravos, nossa comissão é a mesma: Dispensar a vida de Deus para os outros.
Influência Indireta
Você pode saltar imediatamente em direção a mim, dizendo:
1)    "Você vai ignorar a sociedade e trair seu país?
2)    Você vai deixar de lado as coisas enquanto raças são oprimidas, nações são atormentadas e classes são exploradas?”.
Posso apenas dar uma simples resposta a isso, que é: somente devemos preocupar-nos com uma única coisa. A Bíblia mostra-nos essa única coisa. O resto não é nossa responsabilidade.
Quando um homem é salvo, ele espontaneamente será benéfico à sociedade. Ele naturalmente será um patrimônio para a sua comunidade e para a nação e naturalmente não será prejudicial às pessoas nem aos animais. Não há dúvidas quanto a isso.
(1º) Temos somente uma obra direta que é evangelizar os outros.
(2º) O resultado disso será automaticamente um benefício para a sociedade e a nação. Entretanto, esse resultado é apenas o fruto indireto.
O que nos preocupa primordialmente é o resultado espiritual, pois o físico definiti­vamente será cuidado. Quando cuidamos de indivíduos, a sociedade como um todo colherá os benefícios.
Salvar os Outros
Nosso serviço não é tratar diretamente com os problemas da nossa nação ou reorganizar nossas instituições ou revolu­cionar nosso sistema político. Não estamos aqui para resolver diretamente os problemas entre as raças. Não se podem encon­trar tais mandamentos na Bíblia.
O que a Bíblia nos mostra é que devemos esforçar-nos ao máximo para salvar os outros e para resolver os problemas individuais de pecado e santificação. Quando os pecadores são salvos, eles espontaneamente afetarão sua comunidade, sua nação e suas instituições huma­nas. Mas todas essas ajudas são prestadas indiretamente. Não tratamos diretamente com elas.
Luz e Sal
O Senhor Jesus disse: "Vocês são a luz do mundo. Vocês são o sal da terra”. Alguns tomam essas palavras à sua própria maneira e se posicionam no sentido de sugerir que deveríamos fazer de nosso mundo um lugar mais limpo e puro.
Mas temos de perceber o que são a luz e o sal.
1)                 A Bíblia mostra somente em um lugar o que é a luz. Em Efésios 5:13, ela diz: "Tudo que se manifesta é luz”. Luz é aquilo que expõe. Como cristão, ser a luz do mundo significa que você expõe as pessoas ao seu redor.
Por exemplo:
1)               Se todos ao seu redor são alcoólatras e ninguém jamais se sentiu incomodado com isso, sua presença os convencerá de estarem errados.
2)                    Ou talvez todos eles sejam jogadores de cartas e sejam insensíveis a isso. Sua presença os fará envergonhados.
3)                    Todos ao seu redor gostam de discutir e de provocar. Mas você somente sorri para eles sem participar das suas atividades.
4)                    Sua presença, então, os convencerá da corrupção deles. É isso que significa ser luz. Quando você expõe o erro deles, você é luz para eles.
Somos meramente luzes. Não estamos aqui para queimar os cassinos, prender os fora da lei e reformar a sociedade. Ser luz significa que antes os outros não conheciam o que é maligno, mau, ruim, mas a sua presença como cristão os convence de seus vícios. A luz expõe todas as coisas.
Conservante
E o sal da terra? A função do sal é conservar coisas mortas, impedindo-as de se deteriorarem e ficarem mal cheirosas. Se você aplicar sal a algo já morto, essa coisa é preservada de posterior degradação e corrupção. Há muitíssimos objetos mortos neste mundo. Se olhar ao redor, você verá todo tipo de coisas decadentes. Elas estão ali se deteriorando. Sua presença como cristão impedirá que essas coisas se deteriorem ainda mais.
Nosso serviço não é limpar a casa, livrar o mundo de toda sua sujeira. O Senhor nunca nos comissiona para reformar a sociedade ou para mudar as instituições. Ele apenas nos dá autoridade para salvar os outros. Nós somos o sal da terra.  Estamos meramente preservando os sistemas mortos de uma maior decadência. Não temos a responsabi­lidade de reformá-los.
Salvem os Homens
O mundo é como um velho navio, construído de materiais diferentes. Há madeira e metais. Mas nenhuma peça está íntegra; todas estão corroídas. O leme soltou-se e o navio está à deriva. Há um grande buraco e ele pode afundar a qualquer momento. O tempo se esvai. Você tem de decidir se vai salvar o navio ou os homens que estão nele. Se houvesse tempo suficiente, você poderia salvar a ambos. Mas não há tempo para que ambos sejam salvos. Quem, então, você resgataria?
Nossa visão cristã é de que o navio está inutilizado. Está muito velho. Mesmo que seja salvo, não passa de sucata. O motor é um monte de ferro velho. Nenhuma parte pode ser recuperada. Assim, abandonamos o navio e salvamos apenas os homens. Tire as pessoas e descarte o recipiente. Além disso, o proprietário do nosso navio está construindo um maior, novinho em folha. É esse que esperamos. Essa é nossa atitude para com o mundo.
Novo Céu e Nova Terra
Cremos que não há absolutamente qualquer solução para os problemas dos sistemas de governos e da sociedade. A única maneira é ignorá-los. Esses problemas serão cuidados. Quando forem inaugurados o novo céu e a nova terra, a velha ordem, juntamente com todos os seus problemas, terão passado.
Hoje, não cuidamos desses problemas. Somente salvamos as pessoas. Embora depois que as pessoas são salvas, a sociedade como um todo é um tanto afetada, ainda assim, nossa comissão não é salvar o mundo.
Jesus como Salvador
Vejamos novamente o Senhor Jesus. Ele nunca tocou na questão política. Havia muitíssimos israelitas que fariam juramento de fidelidade a Ele se Ele se proclamasse Rei. Mas Ele não aceitou assumir essa posição.
Teria sido porque Ele não tinha poder para revolucionar o sistema?
Teria sido porque não podia salvar Seu país?
É claro que Ele podia. Mas não o fez. Ele veio salvar indivíduos, salvá-los dos pecados. Ele morreu na cruz e ressuscitou somente para nos libertar dos pecados e para nos dar uma nova vida.
A primeira vinda de Cristo foi para realizar a obra da salvação. Ela nos liberta do pecado e nos dispensa vida. Ele não participou de reformas sociais. Mas, ainda hoje, alguns O vêem como um reformador social. Entretanto, Ele jamais instigou as pessoas a reorganizarem o governo ou a armarem uma revolução.
Nenhum Interesse na Política
Certa vez, alguns judeus vieram prová-Lo. Eles pergunta­ram se era ou não correto pagar imposto a César. Os romanos eram uma nação guerreira e seu imperador era um tirano. Como Jesus lhes respondeu? "Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus”. O que Ele queria dizer é que não estava interessado em política. Ele removeu todas as coisas mundanas. Esse é o nosso Senhor. Se Ele quisesse derrubar o governo de Roma, não Lhe seria difícil. Mas Seus olhos não estavam nessas coisas. Ele enfatizava uma única coisa, que é crer Nele. Temos de crer Nele.
·         Ele disse que é o Bom Pastor que deixou noventa e nove ovelhas no aprisco para buscar uma única ovelha que estava perdida.
·         Ele é como uma mulher que tem dez moedas de prata e perdeu uma. Ela acende seu lampião e procura por toda a casa até que a encontre.
·         Ele disse que também é como um pai, que não pode descansar até que seu filho que saiu de casa volte para seu Lar. Seu propósito é salvar os homens.
·         Ele não tem nenhuma outra intenção além dessa. Ele nunca tocou em problemas sociais. Seu alvo é o homem. Tudo o que Ele quer é salvá-lo e protegê-lo.
A Preocupação de Paulo
Voltemo-nos, então, para Seu apóstolo, Paulo. Que tipo de obra ele fez? Ele jamais tentou mudar a ordem social. Ele veio apenas resolver as necessidades espirituais do homem e solucionar os problemas espirituais da igreja. Ele não se preocupava com as questões políticas da época.
Naqueles dias os romanos governavam seu império com punhos de ferro. A história nos diz que eles tinham uma desumana instituição de escravidão. Não somente era legal comercializar publicamente seres humanos, como também podiam flagelar e até mesmo crucificar à vontade os escravos.
Que ordenou Paulo que os cristãos fizessem?
Ele disse que os escravos devem ser obedientes a seus senhores e não somente àqueles que são bons, mas também aos maus e cruéis. Paulo teria dito isso por não ter coragem de se levantar contra o sistema escravagista?
Todos os que leram as cartas de Paulo concordam que se houve um homem corajoso neste mundo, além de Jesus de Nazaré, esse foi Paulo.
A Solução para Todos os Problemas
Deus, hoje, está salvando indivíduos. Quando eles são salvos, muitos outros problemas são resolvidos. Eles se resol­verão espontânea e naturalmente. No meio dos cristãos não há diferença entre judeus e gregos. Tampouco há diferença entre escravos e livres ou discriminação entre ricos e pobres. Até mesmo inimizades profundamente enraizadas entre povos e nações são dissolvidas entre os cristãos. Os judeus têm o orgulho nacionalista mais forte. Eles são o povo mais separado e consideram os outros povos como cães.
Mas imediatamente após virem ao Senhor, eles se unem aos cristãos das demais culturas. Todas as tensões e conflitos são dissolvidos.
A Pessoa Errada
Se um cristão não conhece a ordem da obra de Deus, e abandona a obra de evangelismo para engajar-se em reformas políticas e sociais, o resultado não é simplesmente uma questão de certo e errado, é uma rua sem saída.
Todos os problemas de hoje são causados pelo fato de o homem estar fora de ordem. É pelo fato de o homem ser mau que o sistema se torna mau. E, uma vez que o homem é mau, nenhum sistema pode ser bom. Mesmo que ele seja capaz de estabelecer um sistema bom, sua natureza maligna ainda é a mesma e ele nada pode fazer.
Há muitas correntes filosóficas que são elevadas e lógicas, mas, sob a mão do homem corrupto, nada podem alcançar. Por outro lado, se o homem é correto, não importa se o sistema for um pouco defeituoso. Se, todavia, o homem está errado, um bom sistema torna-se inútil. A primeira vinda de Cristo foi para proteger os homens. Sem os homens, Ele não tem como agir.
Uma Comparação do Mundo
Temos de ver uma passagem na Bíblia para entender como Cristo trata com o mundo. Primeiramente veremos a parábola e, então, sua explicação.
Mateus 13:24-30 diz: "Outra parábola lhes propôs, di­zendo: O reino dos céus é semelhante a um homem que semeou boa semente no seu campo; mas, enquanto os homens dormiam, veio o inimigo dele, semeou o joio no meio do trigo, e retirou-se. E, quando a erva cresceu e produziu fruto, apareceu também o joio. Então, vindo os servos do dono da casa, lhe disseram: Senhor não semeou boa semente no teu campo? Donde vem, pois, o joio? Ele, porém, lhes respondeu: Um inimigo fez isso. Mas os servos lhe perguntaram: Queres que vamos e arranquemos o joio? Não! replicou ele, para que, ao separar o joio, não arranque também com ele o trigo. Deixai-os crescer juntos até a colheita, e, no tempo da colheita, direi aos ceifeiros: Ajuntai primeiro o joio, atai-o em feixes para ser queimado; mas o trigo, recolhei-o no meu celeiro."
Leia os versículos 36 a 40 do mesmo capítulo: "Então, despedindo as multidões, foi Jesus para casa. E chegando-se a ele os seus discípulos, disseram: Explica-nos a parábola do joio do campo. E ele respondeu: O que semeia a boa semente é o Filho do homem; o campo é o mundo; a boa semente são os filhos do reino; o joio são os filhos do maligno; o inimigo que o semeou é o diabo; a ceifa é a consumação do século, e os ceifeiros são os anjos. Pois, assim como o joio é colhido e lançado ao fogo, assim será no fim do mundo" (fim do mundo - I1313-Rev.).
O Fim do Mundo
O Senhor diz que há um fim para este mundo. Que ocorrerá no fim deste mundo? Note, por favor, os versículos 41 a 43. "Mandará o Filho do homem os seus anjos que ajuntarão do seu reino todos os escândalos e os que praticam a iniqüi­dade, e os lançarão na fornalha acesa; ali haverá choro e ranger de dentes. Então os justos resplandecerão como o sol, no reino de seu Pai. Quem tem ouvidos [para ouvir], ouça”.
Coisas que Causam Escândalos
No fim do mundo, o Senhor ajuntará do Seu reino todas as coisas que causam escândalos e os que praticam injustiça. Essa é uma palavra excelente. Ele vai acabar com tudo o que causa escândalo. O problema racial causa escândalo. Ele será tirado. A luta pelo poder internacional também é um elemento de escândalo. Ela também será removida. Haverá somente um reino: o reino de Cristo. Não existirão mais conflitos interna­cionais. Todos os problemas que causam escândalos, como a exploração de classes e as lutas ideológicas, serão arrancados. 
Coisas que Causam Injustiças
Isso não é tudo. Tudo o que causa injustiça também será removido. Você não mais encontrará mesas de jogo ou bares. Todos os canais que levam ao pecado serão varridos. Mesmo que você queira pecar, não será capaz de fazê-lo, pois todos os meios de contravenção já não existirão. Mas isso somente ocorrerá na segunda vinda de Cristo. Todos esses problemas serão então resolvidos.
Os Justos Resplandecerão
Naquela ocasião, iniciar-se-á o reino de Deus na terra. Todos os salvos tomar-se-ão justos, porque seus pecados foram tirados.  Todos esses justos resplandecerão no seu Reino. Eles governarão nesse reino. A presença deles será como o sol, cujos raios alcançam os cantos mais distantes e cujo poder se espalha por toda a terra. Mas tudo isso ocorrerá somente na segunda vinda de Cristo.
Não é de se admirar que você fracassará se quiser trabalhar para Cristo hoje. Somente naquele dia é que o reino da terra tornar-se-á o reino de Cristo e de Seus santos. Quando aquele dia chegar, não somente todos os vícios sociais serão varridos; o livro de lsaías nos diz que até mesmo as inimizades no reino animal serão removidas. As criancinhas poderão brincar com serpentes e os leões pastarão como as vacas. Até mesmo a natureza selvagem dos animais será transformada. Tudo isso ocorrerá na segunda vinda de Cristo.
A História de uma Política Inglesa
No século passado, houve uma mulher política inglesa chamada Christobel Pankhurst. Ela era a líder do movimento pelo voto feminino. Antes da Primeira Guerra Mundial, ela fez de tudo para tentar evitar a guerra. Mas a astúcia e crueldade dos políticos da época logo estouraram a catástrofe.
Ela, então, esforçou-se ao máximo para tentar terminar com a guerra. Mas seus esforços foram em vão; a guerra somente terminou após quatro anos amargos. Ela pensava que se tão-somente chegasse ao poder, seria capaz de provocar reformas políticas. Mas, por fim, convenceu-se de que não há honesti­dade na política. Ser honesto jamais tornaria alguém bem-sucedido na área política. Ela passou a perder a fé nos sistemas do mundo.
Um dia, ela procurava alguns livros numa livraria de Londres e puxou de uma pilha de livros um pequeno livrete escrito por um cristão. Ele dizia que o mundo ia piorar mais e mais, sem oportunidades de melhora. A solução final somente viria quando Cristo voltasse. Ela foi totalmente capturada por essa mensagem e perguntou o preço do livro. O livreiro, sabendo que ela era uma política famosa, deu-lhe o livro de presente.
O livro havia sido publicado algumas décadas antes daquela ocasião, e seu autor já tinha morrido há muito tempo. Mas ela percebeu que aquilo que o livro mencionava sobre a situação mundial era absolutamente correto. Todos os outros livros discutiam meramente a aparência exterior, enquanto esse expunha a raiz do problema. Ele dizia que o Senhor Jesus veio a primeira vez para salvar os pecadores. A segunda vez que Ele vier, Ele mudará os sistemas políticos. O livrete também mencionava algumas profecias na Bíblia relativas ao fim do mundo. Por causa daquele livro, ela começou a ler a Bíblia e aceitou Jesus Cristo como seu Salvador e Rei. Mais tarde, ela abandonou sua carreira política e escreveu bons livros sobre a obra de Cristo e Sua segunda vinda.
Aguardando a Vinda do Senhor
O que necessitamos hoje é ser um cristão adequado. Não precisamos tentar mudar as instituições ou reformar a socie­dade. Toda nossa esperança está na vinda do nosso Senhor. Quando Ele vier, todos os problemas serão resolvidos.
Hoje, somente buscamos a Deus. Aguardamos a vinda do Seu Filho, e confiamos que naquele dia reinaremos com Ele na Sua glória.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

São Lourenço, Minas Gerais, Brazil
EVANGELISTA QUE MORA EM SÃO LOURENÇO E TENHO A META DE DIVULGAR A LEITURA DA BIBLIA.